Marinha Brasileira – Funções, salário médio e como se alistar

A Marinha é uma das três Forças Armadas do Brasil. Ao lado do Exército e da Aeronáutica, ela tem a missão de zelar pela segurança do país. O seu foco é atuar na defesa das águas marítimas e fluviais brasileiras. Ela também é responsável pelo policiamento da costa brasileira, bem como de suas águas interiores, além de fiscalizar e orientar a Marinha Mercante.

Funções da Marinha

Mas além disso, a Marinha também possui o trabalho de garantir os poderes constitucionais do Estado brasileiro, proteger os interesses da nação e atuar em ações militares sob a coordenação de organismos internacionais ou em missões de apoio à política externa desenvolvida pelo Brasil.

A Marinha é responsável por desenvolver uma estratégia ampla de monitoramento e também de controle para proteger o litoral de ameaças externas. Outro trabalho que deve ser feito por esta Força Armada é aumentar o conhecimento a respeito do meio ambiente e colocar os meios operacionais à disposição para responder rapidamente a possíveis crises ou mesmo emergências que possam vir a ocorrer no território marítimo brasileiro.

Vale lembrar que a Marinha é a mais antiga das três Forças Armadas do Brasil e sua origem remete aos tempos da Marinha Portuguesa. No ano de 1736 foi criada pelo rei de Portugal a Secretaria D’Estado dos Negócios da Marinha, que acabou sendo reorganizada por D. João VI, quando este veio para o Brasil. Na ocasião, ele mudou o nome para Ministério da Marinha e Domínios Ultramarinos.

marinha brasileira funções

Equipe da Marinha brasileira

O Comando da Marinha é o órgão responsável pela Marinha do Brasil. Ele existe desde 1999 –quando foi extinto o Ministério da Marinha – e está diretamente subordinado ao Ministério da Defesa. O responsável pela função é sempre um Almirante de Esquadra escolhido pelo presidente da República.

A Marinha possui cerca de 70 mil homens e mulheres em 17 postos e graduações distintos e divididos em dois grupos principais: o Corpo de Fuzileiros, que realiza suas ações em terra, e o Corpo da Armada, responsável pelas embarcações. Tem também outros grupos que acabam formando uma espécie de infantaria. São eles: o Corpo de Saúde, Corpo de Engenheiros e as unidades dos fuzileiros.

Como ingressar na Marinha?

Para ingressar na Marinha, a pessoa interessada tem duas possibilidades: como militar de carreira ou por meio do alistamento militar, sendo que este último é indispensável para todo e qualquer jovem brasileiro do sexo masculino, conforme a Lei do Serviço Militar nº 4.375, de 17 de agosto de 1964. O processo seletivo é informatizado e impessoal e obedece alguns critérios definidos pelo Ministério da Defesa e também a necessidade de contingente requerido pelas três Forças Armadas. Já falamos aqui sobre o alistamento militar obrigatório. 

Já o ingresso na Marinha para prover as necessidades do quadro funcional efetivo de carreira é realizado por meio de concursos públicos destinados tanto ao sexo masculino quanto ao sexo feminino. Neste caso, o processo seletivo pode requerer profissionais para as mais diversas funções e também para todos os níveis de escolaridade (fundamental, médio ou superior) nas mais diversas áreas de atuação, sendo uma ótima oportunidade para jovens desenvolverem uma longa carreira na Marinha. Consulte as vagas no site de seleção oficial. 

alistamento militar da marinha

Quanto ganham os profissionais da Marinha?

O salário de quem trabalha na Marinha é formado pelo soldo, que não possui nenhum tipo de desconto, além dos diversos adicionais que poderão fazer parte da remuneração. Tudo vai depender dos cursos realizados, da habilitação, do tempo de serviço e de permanência, do desgaste de cada função, da compensação orgânica, entre outros.

Mas apesar dos valores serem distintos entre as várias patentes da Marinha, pode-se dizer que há uma média salarial entre praças, oficiais subalternos, oficiais intermediários, oficiais superiores e oficiais generais. Entre os praças, por exemplo, a faixa salarial fica entre R$ 1.947 e R$ 5.751, sendo que o salário aumenta de acordo com cada patente. Veja a seguir quanto ganham os profissionais da Marinha, de acordo com informações do Ministério da Defesa:

  • Marinheiro: R$ 1.947
  • Cabo: R$ 2.449
  • Terceiro-Sargento: R$ 3.584
  • Segundo-Sargento: R$ 4.445
  • Primeiro-Sargento: R$ 5.110
  • Suboficial: R$ 5.751
  • Guardas-marinhas (praças especiais): R$ 6.625
  • Segundo-Tenente: R$ 7.082
  • Primeiro-Tenente: R$ 7.796
  • Capitão-Tenente: R$ 8.517
  • Capitão de Corveta: R$ 10.472
  • Capitão de Fragata: R$ 10.642
  • Capitão de Mar e Guerra: R$ 10.832
  • Contra-Almirante: R$ 11.833
  • Vice-Almirante: R$ 12.233
  • Almirante de Esquadra: R$ 12.763
  • Almirante: R$ 13.294.

Para mais informações acesse o site oficial da Marinha no seguinte link: https://www.marinha.mil.br/


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply