Melhores Formas de Incluir o Marketing Digital no seu Negócio

O marketing digital é um universo que reúne múltiplas práticas através dos canais digitais, com o objetivo de atingir objetivos específicos e se possível mensuráveis. Mas o que exatamente é marketing digital e o que ele abrange?

O que é marketing digital?

O marketing digital se refere a todas as técnicas de marketing usadas em mídias e canais digitais para promover produtos e serviços. Nessa área, surge uma noção essencial, a interatividade.

O marketing digital, ao contrário do marketing tradicional, coloca o cliente no centro de sua estratégia. Ele é o resultado de duas evoluções: as aplicações de marketing ligadas à Internet e as ligadas às novas tecnologias de informação e comunicação.

Dessa forma, neste artigo iremos apresentá-lo em suas diferentes formas e como fazer o seu negócio crescer nessa área.

Integre primeiro o celular

O Brasil atingiu 134 milhões de usuários com acesso à internet. No total, o país atingiu 84,4% de pessoas com aparelhos móveis e por meio deles têm acesso à rede.

Essa porcentagem de conexão à internet em smartphones é maior do que em computadores. Apenas 42,9% dos brasileiros possuem computadores em casa, porém, esse número cai mais ainda quando inclui conexão à internet.

Portanto, com esse uso do mobile, é impossível ignorar o trabalho de adaptação do site da empresa, do blog e dos diversos conteúdos distribuídos em modo responsivo.

Um aplicativo móvel também pode ser uma via interessante a ser explorada. Especialmente porque o Google agora leva em conta as versões móveis dos sites em sua página de classificação.

Além disso, a estratégia de SEO deve, portanto, integrar a mobilidade para ser eficaz e proporcionar bons resultados para o seu negócio.

Desenhe um plano de ação

Uma estratégia de marketing digital gira em torno de 3 categorias de ações a serem cuidadosamente definidas:

  • Mídia paga: que reúne todas as alavancas de marketing pago para atingir e atingir seu público, por exemplo, publicidade direcionada do Google Adwords, anúncios do Facebook, afiliação e entre outros;
  • Mídia própria: agrupar os ativos que você possui, como seu site, seu blog, suas ofertas de conteúdo, white papers, e-books;
  • Mídia conquistada: permite que você alcance seu target de forma orgânica, sem pagar, por meio de uma mídia “compartilhada”, que em resumo não é sua; como redes sociais, SEO, menções sobre você em outros sites.

Integre a criação de leads e a automação de marketing

Hoje em dia existem novas ferramentas de automação que maximizam as ações do marketing digital. Ou seja, mantém um link regular com leads e clientes por meio de um sistema automático com uma série de tarefas.

O cultivo de leads é o que permite acompanhar o cliente, fornecendo o nome e o e-mail, em troca de uma oferta do produto ou serviço da empresa, como um conteúdo educativo, por exemplo.

Dessa forma, existem plataformas que geram e enviam automaticamente os e-mail, ofertas, dicas, conteúdos e muito mais para um determinado contato, tudo isso de acordo com o seu perfil e em diferentes cenários gerados pela marca.

Analise o impacto

Dentro do marketing digital é preciso navegar atento para que não dê de frente com a parede. Por isso, é necessário ser capaz de analisar o impacto do seu plano de ação, como:

  1. Onde está sua visibilidade na web? E sobre SEO e tráfego?
  2. Qual conteúdo funciona melhor?
  3. Quais são as plataformas de mídia social nas quais seu público-alvo é mais responsivo e engajado?

Também neste aspecto, soluções online para redes sociais, Analítica do Google para SEO, vai permitir medir o impacto, refinar a estratégia.

Em suma, analisar para melhor gerir as suas ações e melhorar os resultados da sua estratégia de marketing.

Você gostou das nossas dicas? Conte-nos como desenvolveu a sua estratégia de marketing e o que deu certo ou errado!

Deixe uma resposta