Os novos tipos de vírus para se proteger em 2020

Os vírus atuais estão voltadas principalmente para tomar o controle do computador para que faça parte de uma rede de milhares de computadores infectados, conhecida como botnet. A partir desta, se realizam por força bruta todo o tipo de actos criminosos, através da Internet, como o roubo de dados pessoais, roubo de identidade em contas bancárias ou nas redes sociais, etc. Também são usados como parte de guerras informáticas para tomar o controle de equipamentos industriais específicos, como o vírus Stuxnet, que infectou várias centrais nucleares do Irã em 2010.

É bem possível que muitos usuários em todo o mundo estejamos infectados com este vírus ou alguma de suas variantes, mas o mesmo não ativará suas funções em nossos computadores, já que não somos o objectivo prioritário. E o mesmo pode acontecer com muitos outros vírus.

Roubo de informações confidenciais

No âmbito doméstico e empresarial, os vírus atuais são envolvidos no roubo de informações confidenciais, como senhas de acesso a redes sociais, dados bancários ou documentos armazenados na nuvem. Uma das portas de entrada de vírus de computador em computadores domésticos e empresariais, sempre foram os dispositivos externos de armazenamento, como discos rígidos, memórias USB ou discos ópticos.

Também o correio eletrônico é uma importante fonte de entrada de software malicioso. No entanto, nos últimos anos, uma das principais formas de infecção são as redes sociais, como Facebook ou Twitter, ao incluir um link para uma página web maliciosa a partir da qual se realiza a entrada no computador. Com apenas visitar esta página, se o usuário estiver usando um navegador da web com alguma vulnerabilidade ou que não esteja atualizado, este fica infectado. Além disso, este tipo de ataques também tomam o controle da sessão de rede social onde está o usuário para enviar uma mensagem personalizada para todos os seus contatos com link para a página maliciosa. Desta forma, o vírus se expande entre os contatos da vítima através de engenharia social.

Cuidado com as páginas de downloads!

Qualquer página pode ser suspeito de provocar um ataque, já que o principal objetivo do vírus é infectar o dispositivo do usuário -agora também celulares e tablets -, sem que este seja consciente. Portanto, não devem ser consideradas como suspeitas algumas páginas em função do tipo de conteúdo oferecido, como podem ser páginas pornográficas ou de links para download de conteúdos com direitos de autor, mas entre estas, sim, é maior a possibilidade de ataque

Deixe uma resposta